Informativos

Tecnomapas disponibiliza imagens de satélite SPOT para a SEDAM-RO

Navegador GeográficoNavegador Geográfico da SEDAM com imagens SPOTA recepção das imagens pela a secretária de Meio Ambiente do Estado, Nanci Maria Rodrigues da Silva aconteceu a partir das 16h desta segunda-feira (21), na sede da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) e contou com a presença de outras autoridades e representantes das empresas.

Trata-se da primeira compra de imagens de satélite de alta precisão feita pelo Estado, o que permitirá que elas sejam utilizadas para uma ampla gama de aplicações na área de meio ambiente, tais como prevenção e combate ao desmatamento e degradação florestal, planejamento ambiental, Cadastro Ambiental Rural (CAR), assim como atualização de base cartográfica na escala de 1:25.000.
 
O Estado poderá assim ter um acompanhamento mais detalhado e preciso do uso e ocupação do seu território. Equivalente a 0,5 Terabyte de espaço, as imagens com 2,5 metros de resolução foram captadas pelo satélite SPOT5, bem como algumas com 10 metros, que foram colhidas entre janeiro de 2010 e agosto de 2011.
 
“As imagens com de alta precisão permitirão um acompanhamento mais detalhado do uso e ocupação do território, com foco na preservação ambiental e na regularização das propriedades rurais, explicou a secretária da Sedam.
 
Os dados do mapeamento estarão acessíveis via internet por meio do Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental (SIMLAM) e estarão disponíveis para consulta por toda a administração estadual e municipal, além de universidades, centros de pesquisa, ONGs e Ministério Público.

Uma das metas do Estado é acelerar o processo de adesão ao Cadastro Ambiental Rural e, com isso, promover uma gestão florestal sustentável. Atualmente, Rondônia possui 187 propriedades monitoradas, o que corresponde a uma área pouco maior que 37 mil hectares.

Navegador GeográficoÁreas monitoradas por imagens SPOTPara se ter uma ideia, o Estado do Pará, o mais avançado no que diz respeito ao CAR, conta hoje com 42.938 imóveis rurais monitorados. Já o Mato Grosso possui quase 30 mil propriedades cadastradas. Ambos os estados já fazem uso de imagens do satélite SPOT5 e do sistema desenvolvido pela Tecnomapas para elaboração do CAR.

Fonte: Departamento de Comunicação de Rondônia - DECOM

Voltar