projetos em andamento

nossas tecnologias aprimorando a gestão municipal

Prefeitura de Sinop

Modernizou a arrecadação
de IPTU.

Prefeitura de Campo Verde

Melhorou a arrecadação
de ITBI rural

Prefeitura de
Várzea Grande

Aprimorou o controle
do cadastro imobiliário.

Prefeitura de Cuiabá

Melhorou o atendimento
com nova central.

Prefeitura de Chapada dos Guimarães

Melhorou a arrecadação
de ITBI rural

Nossas tecnologias

Geotecnologia

Ferramentas de produção
cartográfica.

Big Data & BI

Mineração de dados
e painéis gerenciais.

Nuvem

Disponibilização de mapas
pela internet.

Base de dados

Dados geográficos
e alfanuméricos.

Aplicativos

Desenvolvimento de aplicativos
móveis.

Integração de informações

Integração por meio de
webservices.

Quem somos

conheça nossa estrutura

Sobre a empresa

 

Com mais de 20 anos de experiência, a Tecnomapas fornece soluções tecnológicas para diversas instituições públicas Estaduais e Municipais do país que abrangem as áreas de licenciamento ambiental (florestas, propriedade rural, indústria, comércio, serviço, mineração, outorga de captação e lançamento de efluentes, monitoramento, fiscalização dentre outros). Fornece ainda, soluções tecnológicas e serviços especializados para instituições públicas com atribuições fundiárias, tanto federal quanto estadual, onde é realizada a digitalização do acervo fundiário, desenvolvimento de sistemas, cadastro de dados e lançamento dos dados geográficos em uma base cartográfica digital. Nas áreas de geotecnologia, a Tecnomapas vem alcançando sempre novos patamares em produtos inovadores que utilizam a internet como forte aliada da instituição pública. Projetos de sucesso como Geobases, hoje serve de modelo no desenvolvimento das normas cartográficas digitais do Brasil.

Fotos históricas

Histórico

 

Fundada em 11 de outubro de 1996, a Tecnomapas foi criada com o intuito de atender a demanda do mercado em geotecnologia. Enquanto o mercado brasileiro de geotecnologia ainda utilizada como padrão de trabalho apenas softwares CAD sem referência espacial, a Tecnomapas já trabalhava com cartas topográficas vetorizadas em tela, com referência de sistema de coordenadas e atualizadas com imagem de satélite georreferenciada.

 

Em 1997, foi feita a construção da sede própria, como resultado do crescimento acelerado e da repercussão da imagem positiva da empresa no mercado de geotecnologia.

 

Em 1998, a Tecnomapas produziu a primeira base estadual contínua totalmente digital do Brasil vetorizada a partir de cartas topográficas na escala 1:100.000 e atualizadas com imagem de satélite geoprocessadas. Essa base cartográfica permitiu a empresa firmar os primeiros contratos com instituições governamentais no Estado de Mato Grosso.

 

No ano de 1999, a empresa digitalizou as cartas oficiais de vários Estados do Brasil após vencer licitação realizada pelo IBGE. Projeto de grande destaque nacional, tendo sido responsável pela conversão de aproximadamente 50% de todos os produtos digitais desse cliente à época. Ainda em 1999, iniciaram-se as primeiras atividades junto à produção de base cartográfica urbana, onde foi mapeada a capital de Mato Grosso, utilizando foto-aérea, vetorização de informações, levantamento de campo e cadastro.

 

Em 2000 houve a expansão da equipe técnica com foco em desenvolvimento de sistemas, para atender a demanda crescente de Sistemas de Informação Geográficas.

 

Em 2001 foi desenvolvido o primeiro sistema ambiental denominado “O Vigia”, para a Fundação de Meio Ambiente
de Mato Grosso – FEMA. Esse sistema tinha a função de controlar o trâmite de processos e licenciamento ambiental
da então diretoria de florestas do órgão. Em 2001 ainda, foi elaborada a Base Cartográfica Contínua Digital
para o Estado do Espírito Santo.

 

O ano de 2002 foi marcado pela ampliação da sede própria. Além disso, a elaboração da Base Cartográfica Contínua Digital para os Estados do Amapá, Rondônia e Maranhão.

 

Em 2003 iniciou-se a parceria com a Oracle. E ainda, o desenvolvimento de software SIG (Sistema de Informação Geográfica) com seu funcionamento 100% na Internet.

 

No ano de 2004 foram elaboradas as Bases Cartográficas Contínuas Digitais dos municípios de Santarém e Belterra no Estado do Pará e para os Estados do Espírito Santo, Acre, Santa Catarina e São Paulo (parcial).

 

Em 2005, a Tecnomapas assumiu o desafio de desenvolver uma solução para o controle de produtos florestais no Estado de MT, em virtude da transferência da Gestão Florestal do Governo Federal para o Estadual, foi então desenvolvido o sistema SISFLORA para a recém criada Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Mato Grosso – SEMA-MT.

 

No ano de 2006 o sistema SISFLORA foi implantado nos Estados do Pará e Rondônia e posteriormente em Maranhão (2008).

 

Em 2007 foi implantado na SEMA-MT o sistema de licenciamento, monitoramento ambiental integrado, SIMLAM, que utiliza tecnologias de sistema corporativo e geoprocessamento, totalmente baseado em internet 2.0 e banco de dados corporativo. Em 2007 ainda, o sistema SIMLAM foi implantado nos Estados do Pará e Rondônia.

 

Em 2008 foi iniciado o desenvolvido do sistema de controle de outorga de captação de água e lançamento de efluentes, o SISHIDRO, utilizando a mais alta geotecnologia somada à hidrologia para gerar os cálculos automáticos de vazão. Foi firmado ainda, contrato para desenvolver o sistema de integração de bases cartográficas, o GEOBASES. Esse sistema permite a produção cartográfica através de uma interface de geoprocessamento acessada via internet e com as principais ferramentas de desenho.

 

Em 2009 foram firmados contratos com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA juntamente com os órgãos fundiários estaduais, para digitalização do acervo fundiário dos Estados do Pará e do Amazonas e ainda o desenvolvimento de um sistema para receber esses dados, denominado SIGLO, onde são lançados todos os limites de propriedades rurais.

 

Em 2010 foi iniciado o desenvolvimento do primeiro sistema de licenciamento ambiental municipal para o município de Santo André-SP. Foi iniciado ainda, o desenvolvimento do sistema ambiental para o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal – IDAF no Espírito Santo.

 

Esse ano a Tecnomapas completou os seus 15 anos de história. Ao longo desses anos foram implantadas diversas soluções tecnológicas das áreas de desenvolvimento de sistemas e de geotecnologia, que resultaram em projetos inovadores e satisfatórios junto aos clientes. Saiba mais sobre a nossa evolução!

 

A Tecnomapas entrou no mercado de comercialização de carbono e pagamento de serviços ecossistêmicos, por meio do desenvolvimento da plataforma de negócios ambientais para o Instituto Ação Verde de Mato Grosso.

 

A Tecnomapas, através de contrato com o TCE – Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, forneceu uma solução de geoprocessamento totalmente em nuvem e o serviço de obtenção de fotos aéreas através de VANT-Veículo Aéreo Não Tripulado, para fiscalização e acompanhamento das obras da Copa do Mundo, na cidade sede Cuiabá.

 

O sistema SIMLAM- Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental desenvolvido pela Tecnomapas implantado no IDAF, Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo recebeu o Prêmio Inovação na Gestão Pública (Inoves) na categoria “Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação”. Sendo esse um grande reconhecimento da qualidade dos produtos da Tecnomapas e da excelente administração do IDAF.

 

A Tecnomapas disponibiliza a Central de Cadastro Imobiliário para a prefeitura de Cuiabá com o objetivo de atender aos cidadãos para resolver situações referentes ao IPTU, ISSQN, ITBI. Essa atividade faz parte de um longo relacionamento entre a Tecnomapas e o governo municipal de Cuiabá, onde as tecnologias da empresa e a excelente equipe da Secretaria de Fazenda, permitiram que a arrecadação do IPTU do município aumentasse em 500% em cinco anos sem aumentar a alíquota de 0,4% a segunda menor entre as capitais brasileiras.

 

A Tecnomapas nesses 20 anos de existência confeccionou as principais bases cartográficas digitais do pais, desenvolveu sistemas que se tornaram padrões nacionais como o SISFLORA e o CAR – Cadastro Ambiental Rural, além de sistemas de licenciamento ambiental, hidrológicos, fundiários, sistemas de informação geográfica, gestão urbana, dentre outros. Mas seu maior orgulho foi o de formar centenas de profissionais de geoprocessamento, tecnologia da informação, projetos, engenheiros florestais, recursos humanos e administrativos. nos Estados onde trabalhou, em especial em Mato Grosso que é a sua sede.

 

A Tecnomapas forneceu um conjunto de novas soluções tecnológicas para Secretaria de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso. Essas soluções tinham como principal objetivo devolver ao Estado de Mato Grosso o domínio dos seus sistemas e tecnologias, uma vez que a adoção do sistema disponibilizado pelo governo federal, o SICAR, demonstrou ser pouco eficiente. Nossas soluções modernizaram o Cadastro Ambiental Rural, o Programa de Recuperação Ambiental, e o Controle da Cadeia Produtiva da Madeira, além de fornecer sofisticadas ferramentas de BI e Geoprocessamento.

A Tecnomapas forneceu uma série de geotecnologias para municípios mato-grossenses, que permitiu a atualização dos cadastros imobiliários através de imagens aéreas, fotos de fachada, visitas em campo e atualização do banco de dados da prefeitura. Esse trabalho permitiu que as administrações municipais atualizassem seu cadastro, promovendo justiça fiscal e aumento a arrecadação sem precisar aumentar imposto. Foi realizado ainda uma série de trabalhos na área rural através do desenvolvimento de planta de valor de ITR e ITBI. Todas essas informações foram disponibilizadas em sofisticados softwares de geoprocessamento em nuvem e BI. A Tecnomapas forneceu ainda uma Central de Atendimento para prefeitura de Cuiabá.

projetos realizados

contato

Rua das Orquídeas, nº 222
Bosque da Saúde
Cuiabá – Mato Grosso
CEP: 78050-010
Brasil

(65) 3648-3700

Negócios e Institucional – comercial@tecnomapas.com.br
Recursos Humanos – rh@tecnomapas.com.br

INFORMATIVOS TECNOMAPAS

acompanhe nossas notícias

nov 2018
Ver notícia

Tecnomapas expande atuação no mercado municipal

14 de novembro de 2018 Notícias

A Tecnomapas, no último ano, expandiu a sua atuação no mercado de geotecnologia para a gestão municipal.…Leia mais

Ver notícia

Sinop inova com adoção de geotecnologia

12 de novembro de 2018 Notícias

Já faz um ano que a prefeitura de Sinop, em Mato Grosso, contratou uma série de produtos…Leia mais

ago 2017
Ver notícia

2º Curso de SIMCAR

30 de agosto de 2017 Notícias

DE 04 A 08 DE SETEMBRO VAGAS LIMITADAS ObjetivosAuxiliar o profissional na construção dos projetos de CAR…Leia mais

jul 2017
Ver notícia

Novo cadastro Ambiental Rural de MT é bem-sucedido

14 de julho de 2017 Notícias

O novo Cadastro Ambiental Rural de Mato Grosso da Secretaria de Estado de Meio Ambiente – SEMA…Leia mais

abr 2017
Ver notícia

Tecnomapas – 20 anos

12 de abril de 2017 Notícias

O Início Em 1996, enquanto os proprietários rurais, para gerenciar suas fazendas, mal tinham mapas feitos em…Leia mais

nov 2016
Ver notícia

SEMA MT contrata Tecnomapas para novo CAR

11 de novembro de 2016 Notícias

Empresa contratada para gestão do CAR deve iniciar trabalhos na segunda-feira (14) Com o intuito de retomar…Leia mais